#FALANOVATO: Alvarez, um quarterback de família

11082701_810627125657544_1985311866_nNeste último final de semana, tive o prazer de realizar um sonho: participar do meu primeiro jogo de Futebol Americano! Mesmo que tenha sido só para auxiliar os coachs e incentivar meus companheiros com boas energias na sideline, foi uma experiência que nunca vou me esquecer. Foi adrenalina do começo ao fim, junto com angústia, alegria, apreensão, determinação, até algumas emoções inomináveis. Todos os sentimentos em um só, com apenas um objetivo: fazer a equipe alcançar a vitória. Logo vou poder me juntar a minha nova família dentro de campo e dar meu máximo para continuarmos a vencer. Mas enquanto essa hora não chega, vou continuar na lateral, dando meu total apoio, pois uma família tem que estar sempre junta! Nós somos um só! 

Storm estreia com vitória no paulista de futebol americano

Storm vence no futebol americano
Jogo corrido fez a diferença. (foto: Grasiela Gonzaga)

O time adulto masculino do São Paulo Storm estreou no campeonato paulista de futebol americano, a SuperCopa São Paulo (FEFASP), no último sábado (15/03). E sem maiores sustos venceu o Underdogs Football, pelo placar de 29×00, em partida que aconteceu na cidade de Jundiaí. Destaque para a atuação da defesa, que além de não tomar pontos, conquistou quatro interceptações (uma para TD) e ainda um safety. Do lado do ataque, reforço para o jogo corrido, responsável por outros três touchdowns – dois pelo running back Allan Giamas e outro pelo QB Gustavo Urlacher.

“Temos muito a evoluir, é apenas o começo, mas nos mantivemos focados para aproveitar o máximo cada detalhe dessa partida”, revelou William Zapparoli, treinador principal da equipe. Controlando o relógio, a Tempestade Paulista manteve o ataque em campo na maior parte do tempo, apesar de ter cedido que o time adversário conquistasse três interceptações.

O JOGO

A partida começou com a defesa do Storm em campo e desde o início ficou claro que a pressão seria a tônica da partida. Com pelo menos cinco atletas furando a linha de bloqueio ofensiva do Underdogs, a Tempestade obrigou que o ataque adversário buscasse as corridas externas como opção. Sem sucesso, a bola voltava com frequência para as mãos do Storm.

Apesar de permanecer com as bolas nas mãos, a Tempestade não conseguia concluir os avanços em pontos e acabou marcando o primeiro TD somente no meio do primeiro quarto, por meio de uma corrida do quarterback Gustavo Urlacher (XP convertido pelo kicker, Felipe Gadeilha).

Os dois primeiros quartos seguiram na mesma toada das primeiras campanhas. Sem conseguir avançar, o Underdogs devolvia a bola rapidamente ao ataque da Tempestade, que acabava por não conseguir concluir a superioridade em pontos. Tanto que no encerramento do primeiro tempo, tudo que o ataque conseguira foi mais um TD, agora por meio de uma corrida de #26 Giamas.

Mais focado na execução das jogadas, o Storm voltou produtivo no terceiro quarto e anotou o terceiro touchdown do dia, novamente com o running back #26. Mesmo que o Underdogs buscasse recuperação fazendo várias trocas das peças em campo, a  Tempestade se manteve focada para anotar um safety por meio do defensive end, Renato Spy, e um touchdown convertido pelo cornerback Vinera, conquistado após uma providencial interceptação (conversão de dois pontos completada via Bruno Gardenal).

O São Paulo Storm foca as atenções para a próxima partida, que acontecerá no dia 29 de março, frente ao Ribeirão Pires Vikings, em horário e local ainda a serem definidos.

Storm estreia no paulista de futebol americano 2015

No próximo sábado, dia 14, o São Paulo Storm estréia no campeonato paulista de futebol americano adulto. A Super Copa São Paulo, como é conhecida, reunirá 22 equipes ao todo, maior edição até aqui. A partida acontecerá em Jundiaí, a partir das 10 horas, e o adversário será o Underdogs Football.  Ainda sem os reforços vindos da seletiva, a Tempestade Paulista utilizará a base do time que disputou o Brasileiro do último ano.

Mas mesmo que ainda esteja trabalhando com a base de 2014, o Storm pretende apresentar melhorias tanto no sistema ofensivo quanto defensivo. “A equipe adulta voltou aos treinamentos há pouco mais de um mês e concentramos os esforços na preparação global, mas certamente apresentaremos melhorias no sistema de jogo em relação à temporada passada”, conta William Zapparoli, treinador principal da Tempestade Paulista.

Para tanto, o treinador aposta na combinação da experiência e juventude. Segundo ele, foi importante manter a base de jogadores que conquistou – de maneira invicta – os dois últimos títulos estaduais, em 2013 e 2014, mas o segredo estará em abrir oportunidade para jogadores jovens que despontaram na última temporada, como é o caso do tight end, Luiz Domingues, e do cornerback, Felipe Gadeilha.

Além disso, a defesa contará com um novo middle linebacker e capitão: Rodrigo Gutler, que entra na sua segunda temporada com a equipe azul. Outros dois destaques em campo serão o wide receiver Guilherme Jesus e o defensive tackle, Bruno Gardenal, um dos destaques da seleção brasileira, que recentemente venceu o Panamá em jogo válido pelas eliminatórias da Copa do Mundo.

Sobre o adversário, Zapparoli espera encontrar uma equipe aguerrida, apesar da pouca experiência em competições. “Eles possuem jogadores experientes no esporte, que já disputaram torneios estaduais e nacionais. Não será tarefa fácil superá-los, mas entraremos em campo para deixar tudo”, admite.

A partida de estréia no paulista de futebol americano acontece na cidade de Jundiaí, no estádio Romão de Souza, que fica localizado na Rua Luiz Benacchio, S/N, bairro Colônia, a partir das 10 horas.