Lucas Salomé: presidente conclui mandato com sucesso em todos os campos

A virada para 2016 trouxe para muitos um sentimento de mudança e com o São Paulo Storm não seria diferente. Próxima a completar dez anos de vida, a equipe concluiu mais um processo eletivo de diretoria e empossou seu quinto presidente, Helton Generoso, que assume com o desafio de dar continuidade ao trabalho que vinha tendo o comando de Lucas Salomé nos últimos dois anos.

São muitas as conquistas do time de diretores que tinha Monobloco, como é conhecido, a frente. Tanto no campo político, administrativo quanto esportivo, a Tempestade experimentou iniciativas em todas as frentes. Para saber um pouco mais do legado que se deixa para o time, entrevistamos Salomé.

Depois de dois anos à frente do Storm, qual a maior conquista da diretoria?
LS: Tivemos tantas conquistas internas e externas que tenho dificuldade de apontar uma. Posso dizer que no âmbito administrativo, a regularização jurídica da Associação e quitação de todos os débitos. No âmbito esportivo, a implementação do Trainning Camp e criação da equipe de desenvolvimento. No âmbito político, nossa entrada na FEFASP e nossa participação na unificação do Futebol Americano do Estado de São Paulo que vinha dividido desde 2011. E é claro, todos os títulos conquistados durante a gestão.

Dificuldades fazem parte da gestão de um time que pratica um esporte que ainda engatinha no Brasil. Qual foi o maior desafio enfrentado?
LS: Os dilemas mais recorrentes todos conhecem (estrutura e recursos), mas o maior desafio é manter a firmeza de propósito quando as dificuldades exponenciavam e acumulavam, manter a auto motivação em face dos problemas e motivar todos ao redor. Minha sorte, particularmente, era que eu possuía um corpo de diretores muito bom e eficiente. Motivávamos uns aos outros e nos momentos mais difíceis, sempre estávamos unidos. Tenho muito orgulho de todos.

12047009_968298906549641_3225973821517874642_n3- Uma das realizações deste grupo foi a criação do projeto de desenvolvimento de novos atletas. Esse é o futuro do esporte para manter o crescimento do nível atlético e técnico das equipes?
LS: Afirmo que sim. Além de desenvolver futuro talentos, agrega um maior numero de pessoas ao esporte, aumentando a inclusão e consequentemente o desenvolvimento do Futebol Americano no país. (Atualmente, a equipe de desenvolvimento possui cerca de 110 atletas e disputa o Taça 9 de Julho)

O que esperar do futuro do Storm?
LS: Excelência. O futuro será grandioso. Nossas conquistas serão ainda maiores as quais conseguimos ate aqui. Criamos na nossa gestão a base necessária para que a Associação e suas equipes atingiam seu máximo potencial nos próximos anos. Nosso segredo é o nosso respeito e compromisso como os princípios que regem o São Paulo Storm, a evolução constante e desenvolvimento do ser humano, pois aqui buscamos não só desenvolver grandes atletas, mas também melhores pessoas.

Qual o seu futuro?
Agora descansar e logo voltar ao lado dos meus irmãos e irmãs.
Salomé titulo Storm paulista