Arquivo da categoria: Destaque

Storm é campeão paulista de flag feminino

Paulista2015Com uma campanha perfeita, o São Paulo Storm conquistou, no último fim de semana, o título de campeão paulista feminino de Flag 5×5. Com a conquista, a Tempestade Paulista garantiu ainda vaga na fase regional do Circuito Nacional de Flag, que leva até as finais do brasileiro, a ser disputado no fim do ano. No estadual, a equipe anotou 214 pontos e tomou apenas 20 nas cinco partidas disputadas,

Ao todo, o Storm levou 20 atletas para o torneio e todas estiveram em campo pelo menos duas partidas. “Isso demonstra a força da nossa equipe, que busca a cada torneio elevar o nível do elenco como um todo”, revela a quarterback e uma das coordenadoras técnicas da Tempestade, Victoria Guglielmo.

Mesmo que o foco tenha ficado para o coletivo, é possível apontar alguns destaques, tanto no ataque quanto na defesa: a wide receiver Carini, que foi uma das maiores pontuadoras do campeonato ao tirar proveito de sua altura (1m80), e a multitarefa Marina, que atuou como safety, blitzer e linebacker durante o campeonato e cooperou para que a defesa não desse espaço aos adversários.

A campanha do Storm no campeonato começou frente ao Underdogs Football, que acabou superado por 56×00. Na sequência vieram as vitórias frente ao Piracicaba Cane Cutters, por 50×06, e 33×00 para cima do Cronos. Com o placar obtido frente ao São Carlos Bulldogs, donos da casa, de 56×14, a Tempestade ganhou o direito de disputar o título do campeonato frente ao Spartans Football, grande rival da Tempestade.

Com ótimas apresentações da receiver Ligia Blat e da blitzer Isabela Januário, a equipe acabou por superar o time espartano por 19×00, sem dar muitas chances ao adversário.

As atenções do time feminino do São Paulo Storm voltam agora para a preparação do torneio de flag da Fefasp, que começará em maio. O adversário da estreia será o próprio Cronos, uma das equipes superadas no último fim de semana.

Paulista de flag é o próximo desafio do Storm feminino

A equipe feminina do São Paulo Storm inicia amanhã a caminhada em busca do título brasileiro de 2015. E, para isso, a primeira parada obrigatória é o Campeonato Paulista, que além de valer o título de melhor equipe do estado, classifica para as finais do Circuito Nacional. Na disputa estarão seis equipes, que brigarão pelo ponto mais alto do pódio numa disputa onde todos enfrentarão todos. As partidas acontecerão na cidade de São Carlos, interior paulista.

“A equipe está focada para deixar tudo em campo desde a primeira partida”, revela Grasiela Gonzaga, diretora do Storm feminino. A vontade vem justamente do fato do elenco ter como objetivo principal retomar o troféu do nacional, conquistado em 2013, mas que acabou indo para o Fluminense no último ano.

Para tanto, o Storm investiu forte na preparação física e técnica do time, que treina há dois meses para o desafio. E para conquistar o título e a vaga, a Tempestade Paulista aposta na volta de Bruna Bosnic, defensora que esteve afastada durante a temporada 2014. “Ganhamos em força e altura na defesa, o que deve garantir que a unidade tenha um desempenho ainda melhor do que o obtido durante o último ano”, revela Grasiela.

No ataque, o Storm apresentará aquilo que tem de melhor, mas terá que passar por cima da ausência da Wide receiver Micheli Minelli, a Loira, que não disputará o torneio por conta de uma viagem. Além do Storm, disputam o torneio: Underdogs, Spartans Football, Cane Cuttters, Cronos e São Carlos. As partidas acontecerão no próximo fim de semana (28 e 29 de março).

Storm busca nova vitória para embalar no Paulista

Storm Giamas
Foto: Grasiela Gonzaga

No próximo domingo, dia 29, o time adulto masculino do São Paulo Storm entra em campo pela segunda rodada da Supercopa São Paulo de futebol americano, da FEFASP. O adversário será o Ribeirão Pires Vikings e acontecerá na cidade de Itupeva (SP), a partir das 10 horas. Em busca da segunda vitória, a Tempestade Paulista quer embalar no campeonato e consolidar a liderança na Conferência Metropolitana.

“Nosso objetivo é continuar testando jogadas e formações, mantendo o nível de evolução em relação à estréia”, revela o treinador principal do São Paulo Storm, William Zapparoli. Trata-se de um indicativo de a equipe deve se comportar com a mesma agressividade do que foi visto contra o Underdogs, que acabou com uma significativa vitória pelo placar de 29×00.

A novidade da partida fica para o retorno do cornerback Vandiz Silva, um dos atletas mais experientes do elenco. Com passagens pela seleção brasileira, o jogador deve reforçar ainda mais a secundária da Tempestade, que  já conquistou até aqui quatro interceptações no Paulista.

Além de Vandiz, o Storm pretende repetir os bons resultados obtidos pelo jogo terrestre, responsáveis por três touchdowns frente ao Underdogs. O destaque principal deve estar nas mãos do running back, Alan Giamas, responsável por dois dos TDs.

Outro fator que certamente embalará a equipe para cima do Vikings diz respeito à convocação que a Confederação Brasileira de Futebol Americano fez para os treinamentos finais da seleção brasileira, que em julho disputará o Mundial, nos Estados Unidos. São quatro atletas do Storm no grupo: Bruno Gardenal (DT), Luiz Domingues (TE), Mateus Manning (RB), além do linebacker Victor Pitbull.

A partida contra o Vikings acontecerá no estádio Mario Milani, que fica na Av. Prefeito Jose Carlos, 318, Itupeva (SP).

Storm estreia com vitória no paulista de futebol americano

Storm vence no futebol americano
Jogo corrido fez a diferença. (foto: Grasiela Gonzaga)

O time adulto masculino do São Paulo Storm estreou no campeonato paulista de futebol americano, a SuperCopa São Paulo (FEFASP), no último sábado (15/03). E sem maiores sustos venceu o Underdogs Football, pelo placar de 29×00, em partida que aconteceu na cidade de Jundiaí. Destaque para a atuação da defesa, que além de não tomar pontos, conquistou quatro interceptações (uma para TD) e ainda um safety. Do lado do ataque, reforço para o jogo corrido, responsável por outros três touchdowns – dois pelo running back Allan Giamas e outro pelo QB Gustavo Urlacher.

“Temos muito a evoluir, é apenas o começo, mas nos mantivemos focados para aproveitar o máximo cada detalhe dessa partida”, revelou William Zapparoli, treinador principal da equipe. Controlando o relógio, a Tempestade Paulista manteve o ataque em campo na maior parte do tempo, apesar de ter cedido que o time adversário conquistasse três interceptações.

O JOGO

A partida começou com a defesa do Storm em campo e desde o início ficou claro que a pressão seria a tônica da partida. Com pelo menos cinco atletas furando a linha de bloqueio ofensiva do Underdogs, a Tempestade obrigou que o ataque adversário buscasse as corridas externas como opção. Sem sucesso, a bola voltava com frequência para as mãos do Storm.

Apesar de permanecer com as bolas nas mãos, a Tempestade não conseguia concluir os avanços em pontos e acabou marcando o primeiro TD somente no meio do primeiro quarto, por meio de uma corrida do quarterback Gustavo Urlacher (XP convertido pelo kicker, Felipe Gadeilha).

Os dois primeiros quartos seguiram na mesma toada das primeiras campanhas. Sem conseguir avançar, o Underdogs devolvia a bola rapidamente ao ataque da Tempestade, que acabava por não conseguir concluir a superioridade em pontos. Tanto que no encerramento do primeiro tempo, tudo que o ataque conseguira foi mais um TD, agora por meio de uma corrida de #26 Giamas.

Mais focado na execução das jogadas, o Storm voltou produtivo no terceiro quarto e anotou o terceiro touchdown do dia, novamente com o running back #26. Mesmo que o Underdogs buscasse recuperação fazendo várias trocas das peças em campo, a  Tempestade se manteve focada para anotar um safety por meio do defensive end, Renato Spy, e um touchdown convertido pelo cornerback Vinera, conquistado após uma providencial interceptação (conversão de dois pontos completada via Bruno Gardenal).

O São Paulo Storm foca as atenções para a próxima partida, que acontecerá no dia 29 de março, frente ao Ribeirão Pires Vikings, em horário e local ainda a serem definidos.

Storm estreia no paulista de futebol americano 2015

No próximo sábado, dia 14, o São Paulo Storm estréia no campeonato paulista de futebol americano adulto. A Super Copa São Paulo, como é conhecida, reunirá 22 equipes ao todo, maior edição até aqui. A partida acontecerá em Jundiaí, a partir das 10 horas, e o adversário será o Underdogs Football.  Ainda sem os reforços vindos da seletiva, a Tempestade Paulista utilizará a base do time que disputou o Brasileiro do último ano.

Mas mesmo que ainda esteja trabalhando com a base de 2014, o Storm pretende apresentar melhorias tanto no sistema ofensivo quanto defensivo. “A equipe adulta voltou aos treinamentos há pouco mais de um mês e concentramos os esforços na preparação global, mas certamente apresentaremos melhorias no sistema de jogo em relação à temporada passada”, conta William Zapparoli, treinador principal da Tempestade Paulista.

Para tanto, o treinador aposta na combinação da experiência e juventude. Segundo ele, foi importante manter a base de jogadores que conquistou – de maneira invicta – os dois últimos títulos estaduais, em 2013 e 2014, mas o segredo estará em abrir oportunidade para jogadores jovens que despontaram na última temporada, como é o caso do tight end, Luiz Domingues, e do cornerback, Felipe Gadeilha.

Além disso, a defesa contará com um novo middle linebacker e capitão: Rodrigo Gutler, que entra na sua segunda temporada com a equipe azul. Outros dois destaques em campo serão o wide receiver Guilherme Jesus e o defensive tackle, Bruno Gardenal, um dos destaques da seleção brasileira, que recentemente venceu o Panamá em jogo válido pelas eliminatórias da Copa do Mundo.

Sobre o adversário, Zapparoli espera encontrar uma equipe aguerrida, apesar da pouca experiência em competições. “Eles possuem jogadores experientes no esporte, que já disputaram torneios estaduais e nacionais. Não será tarefa fácil superá-los, mas entraremos em campo para deixar tudo”, admite.

A partida de estréia no paulista de futebol americano acontece na cidade de Jundiaí, no estádio Romão de Souza, que fica localizado na Rua Luiz Benacchio, S/N, bairro Colônia, a partir das 10 horas.