Arquivo da categoria: Feminino

Storm é campeão paulista de flag feminino

Paulista2015Com uma campanha perfeita, o São Paulo Storm conquistou, no último fim de semana, o título de campeão paulista feminino de Flag 5×5. Com a conquista, a Tempestade Paulista garantiu ainda vaga na fase regional do Circuito Nacional de Flag, que leva até as finais do brasileiro, a ser disputado no fim do ano. No estadual, a equipe anotou 214 pontos e tomou apenas 20 nas cinco partidas disputadas,

Ao todo, o Storm levou 20 atletas para o torneio e todas estiveram em campo pelo menos duas partidas. “Isso demonstra a força da nossa equipe, que busca a cada torneio elevar o nível do elenco como um todo”, revela a quarterback e uma das coordenadoras técnicas da Tempestade, Victoria Guglielmo.

Mesmo que o foco tenha ficado para o coletivo, é possível apontar alguns destaques, tanto no ataque quanto na defesa: a wide receiver Carini, que foi uma das maiores pontuadoras do campeonato ao tirar proveito de sua altura (1m80), e a multitarefa Marina, que atuou como safety, blitzer e linebacker durante o campeonato e cooperou para que a defesa não desse espaço aos adversários.

A campanha do Storm no campeonato começou frente ao Underdogs Football, que acabou superado por 56×00. Na sequência vieram as vitórias frente ao Piracicaba Cane Cutters, por 50×06, e 33×00 para cima do Cronos. Com o placar obtido frente ao São Carlos Bulldogs, donos da casa, de 56×14, a Tempestade ganhou o direito de disputar o título do campeonato frente ao Spartans Football, grande rival da Tempestade.

Com ótimas apresentações da receiver Ligia Blat e da blitzer Isabela Januário, a equipe acabou por superar o time espartano por 19×00, sem dar muitas chances ao adversário.

As atenções do time feminino do São Paulo Storm voltam agora para a preparação do torneio de flag da Fefasp, que começará em maio. O adversário da estreia será o próprio Cronos, uma das equipes superadas no último fim de semana.

Paulista de flag é o próximo desafio do Storm feminino

A equipe feminina do São Paulo Storm inicia amanhã a caminhada em busca do título brasileiro de 2015. E, para isso, a primeira parada obrigatória é o Campeonato Paulista, que além de valer o título de melhor equipe do estado, classifica para as finais do Circuito Nacional. Na disputa estarão seis equipes, que brigarão pelo ponto mais alto do pódio numa disputa onde todos enfrentarão todos. As partidas acontecerão na cidade de São Carlos, interior paulista.

“A equipe está focada para deixar tudo em campo desde a primeira partida”, revela Grasiela Gonzaga, diretora do Storm feminino. A vontade vem justamente do fato do elenco ter como objetivo principal retomar o troféu do nacional, conquistado em 2013, mas que acabou indo para o Fluminense no último ano.

Para tanto, o Storm investiu forte na preparação física e técnica do time, que treina há dois meses para o desafio. E para conquistar o título e a vaga, a Tempestade Paulista aposta na volta de Bruna Bosnic, defensora que esteve afastada durante a temporada 2014. “Ganhamos em força e altura na defesa, o que deve garantir que a unidade tenha um desempenho ainda melhor do que o obtido durante o último ano”, revela Grasiela.

No ataque, o Storm apresentará aquilo que tem de melhor, mas terá que passar por cima da ausência da Wide receiver Micheli Minelli, a Loira, que não disputará o torneio por conta de uma viagem. Além do Storm, disputam o torneio: Underdogs, Spartans Football, Cane Cuttters, Cronos e São Carlos. As partidas acontecerão no próximo fim de semana (28 e 29 de março).

Em busca da temporada perfeita, feminino volta aos treinos

O ano de 2015 nem bem começou São Paulo Storm feminino já ligou as turbinas para a temporada. Tanto que hoje, dia 15, é o primeiro dia de atividades do elenco. O principal objetivo é retomar o topo do Circuito Nacional de flag, título brasileiro que o grupo conquistou em 2013, mas deixou escapar no último ano, quando ficou com o vice-campeonato. Por isso, o foco será, sobretudo, na evolução física.

“Nossa comissão técnica está quebrando a cabeça montando nosso planejamento anual. Teremos que investir mais tempo, dentro e fora do campo, pra aguentar o ritmo e manter nosso volume de jogo em todas as partidas”, revela Grasiela Gonzaga, diretora do São Paulo Storm feminino. Em 2015, a equipe deverá disputar em torno de 20 partidas oficiais, número quase três vezes maior do que o da temporada passada.

Segundo Grasiela, será importante manter o ritmo para garantir que o time mantenha a marca de ter chegado em todas as finais dos torneios que disputaram desde que a equipe começou, há cerca de dois anos. Não será tarefa fácil, uma vez que as competições estão cada vez mais disputadas, o número de times aumenta e o nível técnico aumenta consideravelmente ano a ano, sobretudo das equipes tradicionais.

Para aumentar o nível técnico do próprio elenco, o Storm feminino busca se reforçar para a temporada. Sobretudo via seletivas. A próxima acontecerá no dia 07 de fevereiro e e ainda está com inscrição aberta. Principal porta de entrada para o esporte, as interessadas só precisam preencher o formulário. Dúvidas também podem ser esclarecidas via email queroserstorm@saopaulostorm.com.br.