Arquivo da categoria: Flag Football

No flag, Storm conquista primeiro título do ano

O São Paulo Storm faturou ontem, domingo (01/06), o primeiro título do ano ao vencer a etapa paulista do Circuito Nacional de Flag Football. Com ótima atuação de todo o elenco, a Tempestade Paulista garantiu com isso a participação na chamada Superfinal do Campeonato Brasileiro, que será disputado no fim do ano. De quebra ainda recebeu os prêmios de melhor atleta tanto para o ataque, com a center Catarina Souza (convocada para a seleção brasileira), quanto para a defesa, com a novata Isabela Januário.

O torneio, que aconteceu no Cepeusp (centro esportivo da Universidade de São Paulo), recebeu um bom público para acompanhar os jogos que envolveram também o Spartans Football e o Cronos. Em um sistema de triangular, o melhor levaria o troféu e a vaga direta para as finais do Brasileiro. O segundo, conquistaria o direito de disputar os playoffs.

E foi no espírito do tudo ou nada que o Storm entrou focado na flag adversária. Na primeira partida, sem dar chances ao adversário, fez purê do Cronos ao vencer por 41×13. Destaque para a produção do ataque, que diversificou as jogadas e surpreendeu na distribuição das bolas: cada uma das sete wide receivers disponíveis para o torneio marcaram pontos, seja touchdowns ou pontos extras.

Com a vitória do Spartans para cima do próprio Cronos, sobrou para a reedição da partida que decidiu o título da etapa 2013, a definição de quem levaria a melhor dessa vez. E repetindo a estratégia de diversificação no ataque e pressão na defesa, o Storm superou as espartanas por 32×14. Resultado conquistado graças ao foco na aplicação tática do time, que não deu espaço para que as rivais pudessem reagir.

O São Paulo Storm espera agora as etapas do Circuito Nacional de Flag que acontecerão no Rio de Janeiro e no Centro-Oeste para saber quais as equipes que também participarão da superfinal do Brasileiro. Além da Tempestade, as Valkyrias de Manaus também já garantiram participação.

Storm estréia no Circuito Brasileiro de Flag

996924_571742199538649_298381299_nO time feminino do São Paulo Storm disputa amanhã, domingo (01/07), a etapa paulista do Circuito Nacional de Flag 5×5, torneio que classifica para o Campeonato Brasileiro da modalidade. A equipe, que se prepara há pouco mais de quatro meses, deve entrar com força máxima em campo, incluindo as atletas convocadas para a disputa do mundial, em julho próximo. Os jogos acontecem no CEPEUSP, localizado na Cidade Universitária, a partir das 10 horas.

Mas não será nada fácil para o Storm conquistar o título, uma vez que na luta estará também o Spartans Football, principal rival da equipe. Se por um lado a Tempestade Paulista levou o título brasileiro ao vencer as espartanas, a etapa paulista do ano passado foi vencido justamente pelo time rubro-negro.

Confiante de que a preparação forte trará resultados já na primeira disputa do ano, a diretora do São Paulo Storm, Grasiela Gonzaga, conta que a Tempestade buscou conhecimento internacional:

– Estudamos e buscamos conhecimento em países com mais tradição e experiência na modalidade. Nesse ano, tivemos o imenso prazer de trabalhar com uma atleta mexicana que tem mais de 10 anos de flag, além de 2 Mundiais disputados. Esse “intercâmbio” trouxe uma enorme bagagem pra nossas meninas.

A primeira etapa do Circuito Nacional será também um bom teste para perceber o nível que os demais times se encontram. Grasiela explica que é possível notar ano a ano a evolução do esporte como um todo e, por isso, manter o título brasileiro conquistado em 2013 será ainda mais difícil. “A cada ano notamos evolução no jogo de todos os nossos adversários, muito por conta da fórmula do Circuito Nacional, que permite o rápido desenvolvimento das equipes mais novas”.

Para as torcida, que terá a oportunidade de acompanhar o São Paulo Storm em casa pela primeira vez no ano, a entrada é gratuita. O evento tem previsão para acontecer até às 13 horas.

Seleção feminina de flag terá seis atletas do Storm

A Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA) anunciou ontem a lista final de convocadas para a seleção brasileira feminina de flag, que em junho representará o País no Mundial de Israel. Dos doze nomes escolhidos, seis fazem parte do São Paulo Storm: a center e receiver Catarina Souza (que vai para seu primeiro mundial), a defensora Juliana Myaki, as wide receivers Karoline Morone,  Lígia Blat e Michele Minelli, além da quarterback Victoria Guglielmo, que já estiveram no Mundial de flag de 2012, que foi disputado na Suécia.

A convocação é resultado do trabalho forte que o Storm realiza na preparação das equipes, que envolve treinos semanais, planejamento de médio prazo e acompanhamento contínuo da evolução dos atletas, somados ao próprio talento natural das atletas. “Não sabemos fazer diferente, nosso foco é oferecer às categorias que fazem parte do São Paulo Storm a melhor estrutura acompanhada de conhecimento técnico, tático e físico”, pontua Lucas Salomé, presidente da Tempestade Paulista.

Não é a primeira vez que o Brasil será representado em mundiais de flag. Integrante do time que esteve em campo na Suécia e uma das capitãs do Storm, Juliana Myaki, acredita que a maturidade conquistada nos últimos dois anos será determinante para conquistar uma boa colocação. “Em 2012 era tudo novidade, não tínhamos ideia de que tipo de times enfrentaríamos, não havia parâmetros pra saber se estávamos ou não preparadas, mas a diferença do nível do flag brasileiro para o mundo nos mostrou que aqui o esporte ainda engatinhava”, revela.

É no espírito de aprendizado contínuo e foco no objetivo de chegar no Mundial mais preparadas que as atletas do Storm tem focado desde então. Mas mesmo que sejam seis de um grupo de mais de vinte atletas, cada uma delas – convocadas ou não – sabe que assim como se trata de apenas um raio a se carregar sobre os ombros quando se trata de Storm, a partir de agora tudo diz respeito a apenas um time, que carrega a paixão, a torcida e o reconhecimento de todos os praticantes e fãs do futebol americano em terra brasilis.

 

Feminino acelera para o Nacional de Flag

De olho na luta pelo título do campeonato brasileiro de flag 5×5, o time feminino do São Paulo Storm (atual campeão brasileiro) acelerou a preparação do elenco. O objetivo é focar na primeira etapa regional do torneio, que acontecerá em São Paulo, no dia 01 de junho. Em jogo estará a participação na fase nacional, que acontecerá em novembro. Além da Tempestade, Spartans Football e Cronos Football, dois velhos conhecidos, formam o triangular.

A fórmula de disputa da etapa é simples e direta: as equipes se enfrentam e quem obter o melhor desempenho fica com o título e a vaga direta para as finais. Quem perder, vai ter que encarar o caminho dos playoffs para chegar na fase nacional.

A etapa marcará também o primeiro confronto entre Storm e Spartans desde a final do brasileiro do ano passado, que garantiu o título a favor da Tempestade Paulista. Os times, que formam – junto do Fluminense – a base da seleção brasileira que em agosto próximo disputará o mundial da categoria, deverão traçar mais um capítulo da principal rivalidade do FA feminino nacional. Ano passado, em jogos decisivos valendo título, o Spartans levou a melhor em duas etapas regionais, enquanto o Storm acabou ficando com o título da final nacional.

Se depender da vontade de devolver o placar e da dedicação do elenco até o momento, todos podem esperar ótimos jogos.

SERVIÇO
Onde: CEPE-USP
Equipes: Storm, Spartans e Cronos
Disputa: Todos contra todos
O campeão garante vaga na Superfinal do Circuito em Novembro.
O vice disputa o playoff em Setembro.