Storm enfrenta Corinthians pela liderança no paulista

São Paulo Storm e Corinthians Steamrollers entram em campo hoje para uma partida que vale muito mais do que a vitória simples. Protagonistas dos torneios que disputam e únicos campeões estaduais até hoje, as equipes voltam a se enfrentar após três anos de espera. E logo num jogo que vale a liderança na divisão metropolitana sul no campeonato paulista adulto de futebol americano, que dará ao vencedor uma rodada de descanso nos playoffs. O local do confronto é a cidade de Leme (no Clube Empyreo) – escolhida depois de muita controvérsia – e horário para o kickoff é 15 horas.

À Tempestade Paulista, fica mais um desafio: apresentar melhor atuação depois da derrota para a Lusa Lions, em amistoso que aconteceu em abril passado. A equipe sabe que pode render muito mais e não esconde a vontade de entrar em campo contra o Corinthians e mostrar que o último jogo foi um acidente de percurso.

Para corrigir os erros, o Storm intensificou os treinos e realizou várias reuniões de ajuste nos últimos vinte dias. Com os reforços inscritos durante a janela da FEFASP, pode-se esperar um time mais focado nos objetivos e na execução das estratégias traçadas pela comissão técnica.

Importante sim, mas engana-se quem acredita que o confronto versus o Steamrollers seja de vida ou morte. “Faz tempo que se espera uma partida entre as duas equipes, mas ela não é a mais importante. Temos muito campeonato pela frente e o foco é buscar a manutenção da liderança na nossa divisão”, deixa claro William Zapparoli, treinador principal do Storm.

A partida entre as equipes também terá atrativos na arbitragem. Isso porque dois americanos com experiência na NCAA liderarão o time de zebras do jogo: Bill Lemonnier e Alex Barinaga, que durante o fim de semana ministraram uma clínica para árbitros em Guarulhos (SP), organizada pela KG Esportes.