Storm vence Vikings e quebra recorde histórico da Fefasp

storm versus vikingsO último domingo foi histórico para o São Paulo Storm. Com uma atuação sem sustos de todas as unidades da equipe, a Tempestade Paulista superou o Vikings Futebol Americano por 104×00 e cravou a maior diferença de placar na história do Paulista da Fefasp, além de ter sido o maior resultado do próprio time. Com as partidas do fim de semana, o Storm se manteve na liderança da divisão Sul da conferência metropolitana, com campanha de 2-0, 133 pontos convertidos e nenhum sofrido.

“Foi uma apresentação sem retoques, conseguimos efetivar em campo tudo aquilo que nos propomos, mas sabemos que é só mais um passo em direção ao nosso objetivo prioritário, que é estar num segundo nível de preparação para os jogos finais, tanto do Paulista quanto do Brasileiro”, revela o treinador principal do Storm, William Zapparoli.

Para chegar ao resultado, o time teve que apostar num ritmo forte desde o início. E, apesar da forte chuva que persistiu durante todo o primeiro tempo, o Storm fez valer sua superioridade, se valendo da força das linhas ofensiva – que abriu caminho para várias corridas dos running backs – e defensiva, que pressionou o ataque dos Vikings em absolutamente todos os downs. Apostando nas conversões de dois pontos, a Tempestade foi para o vestiário ao fim do segundo quarto com um placar de 46×00.

Sem a chuva, o time voltou para a segunda etapa de jogo focado em testar formações e focar nas execuções das jogadas, mas não abriu mão de manter o ritmo que já tinha imprimido na primeira parte do jogo. O resultado se refletiu no campo e no placar, já que o time azul conseguiu buscar mais 58 pontos no placar e fechar a conta em 104×00.

storm vikings 2

O foco do São Paulo Storm vai para a partida contra o Jundiaí Ocelots, que acontecerá no dia 19/04. Uma vitória coloca a equipe em uma posição bastante confortável para conquistar uma das vagas aos playoffs da competição. Até lá o grupo seguirá com a rotina de treinos.

Os pontuadores da partida frente ao Vikings foram, pela sequência em campo: Alan Giamas (XP2 com Monobloco), Lucas Monobloco, Alan Giamas (XP2 com Gardenal),  interceptação de Anderson Forato (XP2 com Giamas), Lucas Monobloco (XP2 com Monobloco), interceptação de Matheus Vinera (XP2 com Gardenal), interceptação de Felipe Gadeilha (XP Gadeilha), Vinicius Tails (XP Gadeilha), Guilherme Jesus(XP2 com Gadeilha), Bruno Gardenal (XP Gadeilha), Bruno Gardenal (XP Gadeilha), Alan Giamas (XP Gadeilha), Luiz Domingues (XP Gadeilha) e Lucas Monobloco (XP2 com Gardenal).