Arquivo da tag: LPFA

Storm é campeão paulista de futebol americano

Storm bloqueia corridaCom uma vitória contundente por 31×00 para cima do Vipers Army, no último domingo (08/06), o São Paulo Storm é o novo campeão paulista de futebol americano. Esse foi o quarto campeonato em cinco disputas, mas teve um gosto especial, já que foi a primeira vez que o time não levou nenhum ponto durante todo o torneio: ao todo, foram cinco partidas com 201 pontos anotados. Com a conquista a equipe mostrou que chega forte para a disputa do campeonato brasileiro, que começa no fim de julho.

A partida, que foi disputada na cidade de São Bernardo do Campo, recebeu um bom público, que pode acompanhar de presente um jogo limpo, sem grandes problemas para a arbitragem e bem conduzindo pelos dois elencos. Desde o início, o que se viu foi muita força de vontade de ambos para fazer daquele a melhor partida disputada até aqui na temporada.

E essa vontade se mediu logo no primeiro drive, quando o Storm buscou anotar o primeiro touchdown do jogo e foi impedido pela defesa sorocabana, que conteve as tentativas na linha das 25 jardas do próprio campo de defesa. Apesar de impedir que a bola chegasse à endzone, a Tempestade anotou os três primeiros pontos no placar com um field goal anotado pelo kicker Felipe Gadeilha.

Atrás do placar, o Vipers buscou a recuperação, mas no futebol americano não basta vontade, e as víboras viram suas tentativas frustradas pela boa atuação da defesa azul, que pressionava pelo meio e fechava os buracos para a corrida, principal arma adversária. Sem conseguir avançar, Sorocaba se viu obrigada a devolver a bola, o que possibilitou ao Storm mais uma boa campanha, que terminou com um touchdown de corrida do running back Alan Giamas.

Aberta a diferença inicial, Vipers Army e São Paulo Storm se dividiram na posse de bola, sem muito avanço de cada um dos lados. O placar só mexeu novamente já no fim do segundo quarto, quando o quarterback da Tempestade, Cauan Silva, conectou um bom passe para o wide receiver Leandro Fratini. Com a conversão do ponto extra, o time da capital fechou o primeiro tempo vencendo por 17×00.

A dinâmica do segundo tempo não mudou: o Vipers tentava segurar a posse de bola e seguia correndo, enquanto o Storm aproveitava as chances que tinha para anotar. E na única chance que Sorocaba teve de anotar – por meio de um field goal – foi a defesa azul que acabou marcando um touchdown por meio do linebacker Victor Pitbull, que recuperou a bola após o bloqueio do chute e levou a oval até a endzone.

Já em clima de festa pelo tetracampeonato no paulista de futebol americano, o Storm ainda anotou mais um touchdown de passe, agora numa conexão entre o QB reserva Gustavo Urlacher e o tight end Luiz Domingues. Na conversão extra, a tempestade Paulista anotou outros dois pontos, que fecharam o placar da final em 31×00.

O Storm volta as atenções agora para o campeonato brasileiro de futebol americano e o Rio Preto Weilers, primeiro adversário dos cinco que a equipe enfrentará na fase regular da competição.

Storm luta pelo quarto título no paulista de futebol americano

storm chega na final para enfrentar o VipersO São Paulo Storm entra em campo no próximo domingo (08/06, às 15 horas) com a difícil missão de superar o Sorocaba Vipers, o tradicional rival da Tempestade, para assim conquistar o quarto título paulista de futebol americano da história da equipe. Os times, que já se enfrentaram esse ano (com vitória do Storm por 28×00) pelo mesmo torneio, chegam embalados para brigar por cada jarda em campo. A novidade fica para o local do confronto: São Bernardo do Campo, cidade da Grande São Paulo, que permitirá, assim, que os fãs do futebol americano da capital acompanhem tudo de perto sem necessidade de viajar.

O Storm lutará também para manter a escrita dos últimos cinco anos, período em que a equipe não sabe o que é perder para as víboras sorocabanas. No histórico geral do confronto, levando em consideração os períodos de flag, half pad e equipamento completo, a Tempestade acumula recorde positivo de 14 vitórias contra seis derrotas. A curiosidade fica para o fato desses times terem sido os primeiros a jogar o futebol americano no estado de São Paulo, além de terem sido os primeiros representantes paulistas nos campeonatos brasileiros.

Sem problema de contusões, o São Paulo Storm entrará em campo com força máxima, pronto para repetir as atuações anteriores de 2014, quando não anotou menos do que 28 pontos e se manteve sem tomar nenhum ponto em contrapartida, resultado fruto do trabalho forte de treinamentos e reuniões táticas que o time adotou para o ano. Ao todo, são três treinos semanais e reuniões que analisam o desempenho do time e dos adversários a serem batidos.

A partida acontecerá a partir das 15 horas, no Esporte Clube Riacho Grande (São Bernardo do Campo), que fica próximo à Rodovia Anchieta. O endereço: Rua Marcilio Conrado, 500. Para visualizar o endereço no mapa, siga: https://goo.gl/maps/K7jQ3. A entrada é franca.

O Storm enfrenta o Vipers pela final do paulista de futebol americano

Storm conquista vaga na final do Paulista de futebol americano

storm vence e esta na final do paulista foto: P Sergio SouzaNo último fim de semana, o São Paulo Storm garantiu a participação na quarta decisão em cinco campeonatos paulistas disputados ao vencer o Araçatuba Touros, em Ribeirão Preto, pelo placar de 58×00.  Será a chance de conquistar o tetracampeonato. O adversário da vez é o Sorocaba Vipers, que faturou a vaga ao vencer o Rio Preto Weilers. A partida acontecerá dia 08/06, em local a ser definido pela Liga Paulista de Futebol Americano (LPFA).

Após pouco mais de um mês treinando forte e de olho no que cada possível adversário poderia trazer de perigo, a Tempestade Paulista viajou pouco mais de 350 quilômetros para entrar em campo. E numa partida cheia de oportunidades, a equipe não deu qualquer chance ao adversário, marcando seis touchdowns corridos e outros dois por passe.

A melhor notícia da partida foi o fato do Storm conseguir anotar pontos em todas as posses de bola, fato que demonstra como a Tempestade Paulista controlou as ações de jogo. Anotaram pelo time: Vinicius Tails, Marcelo “Dartagnan” Rech – três vezes – Jesus Sarmento, Gabriel Rulli e Alan Giamas, outras duas vezes.

Méritos também para o Araçatuba Touros, que mesmo tendo disputado o primeiro Paulista de Futebol Americano, demonstrou organização, técnica e qualidade de todo elenco. Não resta dúvidas que serão adversários cada vez mais difíceis no âmbito estadual e, até mesmo, nacional.

O São Paulo Storm espera agora a definição do local da grande final do Paulista. E para a equipe será um jogo especial, uma vez que pela primeira vez terá como adversário o Sorocaba Vipers, o rival mais tradicional da Tempestade. Nunca um Rivalry Game (Jogo da Rivalidade – como é conhecido o confronto entre as equipes) foi tão esperado.

Crédito fotos: P Sérgio Souza

Storm pega Touros pela semifinal do Paulista

semifinal_flyerA cidade de Ribeirão Preto recebe, no próximo domingo, a rodada que marcará as semifinais do Campeonato Paulista de Futebol Americano 2014 da Liga Paulista de Futebol Americano (LPFA). E o São Paulo Storm, que obteve a melhor campanha da primeira fase, enfrentará o Araçatuba Touros, equipe que vem da chave do interior. A partida tem horário previsto para começar às 10 horas e será a primeira decisão do ano para a Tempestade Paulista, que busca o quarto título em cinco anos de disputa do torneio.

Mas engana-se quem espera um adversário fácil e uma vitória tranquila. Para o Storm, cada partida do Paulista vem sendo encarada como uma decisão, por isso, o time aproveitou os quase 30 dias de folga entre o último jogo e esse para realizar nada menos que 18 treinos, além do próprio training camp de três dias. É de se esperar que o time entre focado na missão que terá pela frente.

Para o treinador principal da Tempestade, Danilo Muller, o desafio está principalmente em enfrentar um time desconhecido, sem histórico disponível para estudo e adaptação. “É sempre complicado se preparar para equipes que nunca enfrentamos, mas com os treinos intensos das últimas semanas, queremos fazer nosso melhor jogo da temporada até aqui”, revela.

Dan Muller contará com força máxima para o jogo, dentre os atletas inscritos e disponíveis para o embate. Ao todo, o time deve viajar com um elenco de 40 atletas.

A partida acontecerá no Campus Moura Lacerda, que fica na rua Doutor Oscar de Moura Lacerda – s/n, em Ribeirão Preto, interior paulista. A cidade foi escolhida porque ficava na metade de distância entre as equipes do interior e da região metropolitana e funcionará como campo neutro, uma vez que os mandos do Paulista são da própria LPFA.

Para quem for assistir ao vivo a partida, será possível acompanhar também o embate entre Rio Preto Weilers x Sorocaba Vipers, que definirá a segunda vaga para a finalíssima. A entrada é franca.

 

 

Paulista de futebol americano: Storm vence Devilz e está nas finais

Paulista de futebol americano: Storm está nas finaisE o São Paulo Storm venceu a terceira partida seguida no Campeonato Paulista de Futebol Americano 2014, organizado pela Liga Paulista de Futebol Americano (LPFA). Com uma atuação convincente, a Tempestade Paulista não deu chances ao Brasil Devilz e fechou o dia com o placar 35×00. Além da classificação, a equipe garantiu o primeiro lugar na Conferência Capital, e espera agora pela definição do próximo adversário, que sairá da Conferência Anhanguera.